Miguel Costa

Miguel Costa sai do anonimato em 2003, quando passou a integrar o programa Levanta-te e Ri! A presença na televisão foi fundamental para aumentar a sua notoriedade, e desde aí passa a ser reconhecido como Miguel 7 Estacas.

Entre atuações ao vivo e a presença nos ecrãs, chegou ao Porto Canal em 2009 para arrancar com um programa próprio, o Bolhão Rouge, ao lado João Seabra e Hugo Sousa. Ali ficou durante quatro anos, surgindo lá o Sr. Limpinho, uma das suas mais icónicas personagens, e de lá voltou à televisão em sinal aberto, para integrar o programa da RTP “5 Para a Meia-Noite”, onde contracena frequentemente com Luís Filipe Borges.

A 9 de agosto de 2015, um acidente grave provocou um desvio no seu percurso mediático, durante uma corrida de carrinhos artesanais tendo sofrido um traumatismo craniofacial grave, que o deixou em coma e em risco de vida. Durante vários dias o seu estado gerou incerteza, mas acabou por iniciar o processo de recuperação, ainda que tendo ficado periodicamente invisual.

A palavra “desistir” nunca foi opção e o foco passou a ser a recuperação e o regresso à rotina. E quando cinco anos era o tempo estimado para esse regresso, este acabou por acontecer em fevereiro de 2017, menos de dois anos depois, e naquele que foi considerado um tempo recorde. Hoje, continua em recuperação, mas alia isso a uma vida profissional ativa, com os palcos a serem novamente a sua segunda casa.

Fez humor com o seu próprio caso e assinalou o seu regresso com o espetáculo em formato palestra “Fugir à Retina”.